Conteúdo da Notícia

2º Juizado da Mulher de Fortaleza recebe demandas preferencialmente por WhatsApp e realiza 2.730 atendimentos em quatro meses

Publicado em: 27-11-2020

O 2º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Fortaleza completou quatro meses de funcionamento agora em novembro com a marca de 2.730 atendimentos realizados. Segundo a juíza Teresa Germana Lopes de Azevedo, titular da Unidade, o atendimento em todas as suas formas vai muito além do simples registro de uma solicitação. “Temos o objetivo de prestar um atendimento eficaz e útil, com a participação direta da supervisora do Juizado, Edilene Viana Freires, para evitar qualquer tipo de protelação ou impossibilidade de realização das providências necessárias”, ressalta.

Como foi instalado durante a pandemia do novo coronavírus, o funcionamento do Juizado já foi adaptado ao novo cenário, com atendimento preferencialmente virtual. De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, a Unidade recebe solicitações pelo WhatsApp (85- 98732.6160) e e-mail: for.2violenciamulher@tjce.jus.br. A magistrada informa que há uma preocupação em responder todos os e-mails dentro de uma hora após o recebimento, sendo o prazo máximo de 24 horas. Já pelo aplicativo, o atendimento é feito ainda mais rápido e pode ser realizado por tanto por chamada, quanto por envio de áudios, ou por mensagens escritas.

A eficácia do atendimento pelo WhatsApp reduziu drasticamente o número de pessoas que comparecem ao Juizado, que atende presencialmente nas segundas e quartas, das 11h às 18h (na avenida da Universidade, 3.281, bairro Benfica). “Embora tenhamos passado por um longo período de quarentena, a Unidade teve como preocupação principal o atendimento de forma rápida aos usuários, garantindo, assim, a tutela jurisdicional. O resultado foi melhor do que imaginávamos, pois ainda que atendendo dois dias por semana, no sistema presencial, a média de atendimento é de cinco pessoas por dia, resultado este que demonstra a eficácia do atendimento virtual”, explica Edilene Viana Freires.

O 2º Juizado da Mulher de Fortaleza foi criado pela Resolução nº 2 do Órgão Especial do TJCE e instalado em 22 de julho deste ano. Atualmente, o acervo da Unidade equivale a aproximadamente 9.196 processos, dos quais a maior parte decorre da redistribuição do acervo do 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Fortaleza.