Conteúdo da Notícia

Representatividade feminina é destaque no primeiro TJCE em Podcast Especial do Mês da mulher

Publicado em: 05-03-2020

Durante todo o mês de março, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no próximo domingo (08/03), o TJCE em Podcast destacará a participação e contribuição da mulher no Poder Judiciário, as leis de combate à violência e proteção ao gênero feminino, as instituições do Judiciário cearense de apoio à mulher e a história da primeira magistrada brasileira, a cearense Auri Moura Costa.

Nesse primeiro episódio, quatro mulheres que integram o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira (vice-presidente do Tribunal), a juíza Bruna dos Santos Costa (titular da Vara Única de Paracuru), a servidora Denise Norões Olsen (secretária de Tecnologia da Informação) e a tenente-coronel Mavis Rios Martins (chefe de Segurança do Fórum Clóvis Beviláqua) falam sobre os desafios da profissão e a importância da representatividade feminina no Judiciário.

“Não tem sido fácil ao longo do tempo conciliar maternidade com magistratura, mas com disciplina, uma boa gestão, quer no campo pessoal ou profissional, a gente vai superando as dificuldades”, disse a desembargadora Nailde Pinheiro. Para a juíza Bruna Santos, “desafio é a palavra da mulher. Isso, eu acredito, que essa homenagem que nós temos do Dia das Mulheres se deve em grande parte em razão desse desafio diário”.

Denise Norões pontua que organiza as tarefas do dia a dia, dividindo entre filhos, marido, trabalho, tentando priorizar, às vezes, um em detrimento do outro. “Eu erro, acerto, e aí as coisas vão caminhando. É uma luta diária”. Ao ingressar na academia de Polícia Militar General Edgar Facó, em 1995, em um ambiente predominantemente masculino, Mavis Rios disse que percebeu “que a presença feminina nos quadros da PM seria de fundamental importância para a mudança cultural da minha instituição. Percebi que havia um caminho a ser trilhado, paradigmas a serem quebrados e espaços a serem conquistados”.

O TJCE em Podcast também pode ser acessado pelos aplicativos Spotify e Google Podcasts, com uma nova edição todas as quintas-feiras. Escute todas as edições aqui.

MULHER É MAIORIA
Entre os cargos de magistrados, servidores, terceirizados e estagiários, as mulheres são maioria. Elas representam 52,57% da força de trabalho. Atualmente, num total de 453 magistrados (1º e 2º Graus), 167 mulheres compõem o quadro de profissionais no Judiciário cearense. Dessas, 14 atuam como desembargadoras no TJCE.