Conteúdo da Notícia

Tribunal de Justiça do Ceará lança novo Portal com acesso fácil e foco em serviços para o cidadão

Com foco em avanços tecnológicos e humanização, a atual Administração do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) lança, nesta terça-feira (11/05), o novo Portal do Poder Judiciário cearense. A iniciativa marca os primeiros 100 dias da Gestão, que tem à frente a desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira.

“Desde o início do distanciamento social, o site do Tribunal tem sido a porta de entrada para o cidadão que busca o Judiciário. E, como venho dizendo, a humanização é o foco da minha gestão, por isso, sentimos a necessidade de lançar esse novo portal, ainda nos primeiros 100 dias, para que essa porta de entrada seja ainda mais acessível”, afirma a presidente do TJCE.

Além de mais interativo, o site agora é voltado principalmente ao cidadão que busca os serviços do Judiciário. O menu inicial está dividido em Institucional, com informações acerca da Administração do Tribunal de Justiça, História e Órgãos Julgadores; Processos, que contém os sistemas processuais e informações relevantes a ações que tramitam no Judiciário, além de leis, normas e jurisprudências; Unidades, divididas em administrativas, Judiciais, Publicações e Núcleos; Serviços, onde é possível encontrar serviços da área judiciária, administrativas e mais especialmente voltada ao público; e Fale Conosco, que traz informações da Ouvidoria do Tribunal, atendimento à imprensa, além do Canal de Atendimento de todas as unidades.

Outras seções de destaque são o Plantão Judiciário, que contém informações importantes sobre matérias de plantão, além do novo sistema de busca de plantonistas; e TeleTrabalho, que reúne todas as necessidades dos servidores e magistrados que passaram ao trabalho remoto como medida de prevenção ao novo coronavírus.

Foi criado, ainda, um menu de acesso rápido, com as opções mais buscadas pelo usuário do Portal, como: Calendário Eletrônico, Canais de Atendimento, Certidões, Conciliação, Diário da Justiça, Direito à Saúde, Transparência e Violência contra a Mulher.