Conteúdo da Notícia

Presidente do TJCE e juízes falam sobre a importância das teleaudiências durante a pandemia

Publicado em: 29-05-2020

A tecnologia é a maior aliada do Poder Judiciário do Ceará neste período de distanciamento social. Desde março, que as audiências, principalmente, nas áreas Criminais, da Infância e Juventude e Conciliação e Mediação, estão sendo realizadas por meio da videoconferência. A importância do sistema tecnológico na condução dos atos judiciais é destaque do TJCE em Podcast desta quinta-feira (28/05).

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, enfatiza a importância da ferramenta, que possibilita a realização de sessões sem a “necessidade da presença física de magistrados e a condução de instruções à distância sem deslocamentos de partes, testemunhas, representantes do Ministério Público e até advogados. Essa tecnologia tem permitido que o Poder Judiciáro funcione normalmente, neste período de pandemia, inclusive com ganhos de produtividade”.

O juiz coordenador do Grupo de Videoconferência do TJCE, César Morel, informa que a equipe trabalha há dois anos, com o objetivo de fomentar e incrementar o número de teleaudiências no Judiciário. “Aumentamos em mais de cinco vezes o número de audiências por videoconferência. O Estado do Ceará é o que mais realiza oitivas virtuais no país”.

Em abril, a Presidência do TJCE definiu como plataforma padrão, durante a quarentena, o sistema WebEx-Cisco, homologada e recomendada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “A tecnologia permite a segurança da informação, além de proporcionar a realização de um maior número de audiências com mais qualidade e segurança”, explica César Morel.

O chefe do Judiciário destaca que num futuro próximo, o TJCE terá um plenário virtual, para dar “mais agilidade aos julgamentos. A videoconferência é um modo de trabalhar que veio para ficar”.

Também participam desta edição, falando sobre a importância das audiências virtuais e suas experiências, os juízes Luís Gustavo Montezuma, titular da 2ª Vara da Comarca de Boa Viagem, e Ana Celina Studart, titular da 1a Vara de Acaraú; além do analista judiciário e conciliador em Nova Olinda, Daniel Alves.

O TJCE em Podcast lança uma nova edição todas as quintas-feiras e pode ser acessado pelo aplicativo Google Podcasts ou pelo Spotify.