Conteúdo da Notícia

Magistrados e servidores terão oficinas online para construção colaborativa da cultura de Inovação no Judiciário Cearense

Publicado em: 20-07-2020

Nesta semana, magistrados e servidores de áreas estratégicas do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) participarão das três oficinas online para definir os conceitos, o formato e a atuação do Laboratório de Inovação do Judiciário cearense, lançado oficialmente na última sexta-feira (17/07). Através da construção colaborativa, este grupo será responsável por desenvolver uma cultura permanente de inovação na Justiça estadual.

O responsável por passar o conteúdo das oficinas é André Tamura, que também participou do Seminário que lançou o Laboratório de Inovação do TJCE. Ele é diretor da WeGov, empresa de aprendizado para fazer a inovação acontecer no setor público. “Através de uma construção colaborativa e utilizando competências apontadas pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), os participantes das oficinas vão definir os principais serviços que o Laboratório do TJCE irá ofertar. Serão apresentados os conceitos sobre inovação e laboratórios de inovação no setor público”, adianta.

Cada oficina terá um total de oito horas de conteúdo online, além de atividades sugeridas em que os participantes poderão dar seguimento posterior aos trabalhos. “Em alguns casos, a curva de aprendizado é muito rápida. Alguns alunos internalizam bem os conceitos e começam rapidamente a entender, sentir e propagar a cultura de inovação”, ressalta Tamura. O executivo explica que um processo de transformação organizacional, entretanto, não é simples e nem acontece da noite para o dia. “Para criar uma cultura de inovação dentro do TJCE, é fundamental que cada um cultive a inovação dentro de si”, pondera.

Ele acredita que com a criação do Laboratório, o Tribunal de Justiça entra oficialmente na Agenda de Inovação e coloca os servidores, gestores e juízes “na mesma página”. “A implantação de projetos e solução de desafios organizacionais passa a acontecer de forma mais ágil e leve quando se consolida um ambiente de inovação.”

INVESTIMENTO
Focado em se tornar um Judiciário estadual cada vez mais moderno, célere e responsivo à sociedade, o Laboratório de Inovação do TJCE terá apoio financeiro do empréstimo obtido junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) através de parceria com o Governo do Estado. Nos próximos cinco anos, serão investidos cerca de R$ 35 milhões de dólares em tecnologia e inteligência artificial. “As possibilidades são inúmeras e nossa ideia é permitir que, do próprio celular, que cabe no bolso, seja possível acessar os serviços da Justiça cearense”, afirma o presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo.

Saiba mais: Seminário marca o lançamento do Laboratório de Inovação do TJCE. Autoridades e especialistas no tema elogiam a iniciativa