Conteúdo da Notícia

Curso promovido pelo TJCE vai beneficiar 21 pretendentes à adoção residentes em Fortaleza

Mesmo durante o período de distanciamento social, provocado pela pandemia da Covid-19, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) continua viabilizado o andamento de procedimentos de habilitação para pretendentes à adoção. Nesta quarta-feira (21/07), começa mais um curso por videoconferência, além de outro já agendado para o próximo dia 29. Em agosto também será ministrada capacitação online no dia 4. No total, serão contemplados 21 pretendentes, entre casais e solteiros, que já entregaram a documentação, iniciando o processo de habilitação para ingressar na fila de espera.

O treinamento, promovido pela Coordenação das Varas da Infância de Fortaleza, é uma das etapas necessárias para a habilitação no Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento. Respeitando todos os protocolos de segurança recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a iniciativa possibilita aos pretendentes estarem mais próximos do direito à convivência familiar com as crianças e os adolescentes que estão em unidades de acolhimento.

A capacitação abordará os aspectos jurídicos, legais e psicossociais da adoção. Além das aulas, os pretendentes precisam passar por outras etapas como avaliação psicossocial, entrevistas e visitas domiciliares. O curso conta com a parceria dos grupos de apoio à adoção Acalanto Fortaleza e Rede Adotiva.

Para pretendentes à adoção de comarcas de Interior estão agendados oito cursos, que acontecerão em agosto, setembro, outubro e novembro, promovidos pela Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai) do TJCE. Para mais informações sobre a realização dos treinamentos no Interior, o pretendente pode entrar em contato pelo e-mail cejaiceara@tjce.jus.br. As capacitações são feitas pela ferramenta Webex Cisco.