Conteúdo da Notícia

Esmec chega aos 35 anos inovando em tecnologia e anunciando uma nova pós-graduação

Há três décadas e meia, a Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) iniciava a missão de formar novos juízes, de aperfeiçoar magistrados e servidores, além de promover a pesquisa e o debate jurídico. Ao longo de 35 anos, data comemorada nesse último sábado (17/07), consolidou-se como espaço democrático voltado ao humanismo e à discussão de ideias, bem como pela incorporação de novas tecnologias que facilitam ampliar o alcance dos cursos, principalmente a partir da pandemia do novo coronavírus.

A Escola, que faz parte da estrutura do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), oferece formação inicial, especialização e extensão, além de eventos diversos voltados também para a comunidade onde está localizada. No primeiro semestre deste ano, 147 magistrados participaram de cursos. Também de janeiro a junho de 2021, foram ofertados 18 eventos virtuais, incluindo palestras, seminários e a edição do “Esmec Artes”, projeto que faz parte da programação e que tem a finalidade de valorizar a cultura, dando visibilidade ao trabalho de artistas e levando entretenimento cultural, envolvendo música, teatro, cinema, fotografia, dança, literatura e artes plásticas.

TRABALHO RELEVANTE

Na avaliação da presidente do TJCE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, “a Esmec vem desenvolvendo um trabalho extremamente relevante não só para magistrados e servidores, mas para todos os operadores do Direito, uma vez que sua preocupação maior é com a educação continuada, por meio da promoção de cursos que levam ao aprimoramento das habilidades dos profissionais da Justiça. Além disso, tem papel significativo para a sociedade, pois acolhe e divulga a cultura do nosso país, em especial a do povo nordestino, antes presencialmente e, hoje, por meios eletrônicos. Parabéns a todos que fazem da instituição um luminar de saber e conhecimento”.

NOVA PÓS-GRADUAÇÃO E CURSOS PARA O SEGUNDO SEMESTRE

O diretor da Esmec, desembargador Francisco Luciano Lima Rodrigues, anuncia que haverá novidades. “Muitos outros cursos serão disponibilizados ao longo deste segundo semestre e, coroando os 35 anos da Escola, além da entrega da sala EaD e do já anunciado Ciclo de Estudos em Processo Civil – em homenagem ao desembargador Francisco de Assis Filgueira Mendes -, a Esmec publicará nos próximos dias um edital de seleção para uma Pós-Graduação em Direito Público e Poder Judiciário, recentemente aprovada pela Portaria 190/2021, da Enfam”.

ESCOLA ONLINE REVISTA THEMIS

A unidade oferece o Portal EaD, ambiente virtual de Educação a Distância. Somente até junho de 2021, houve a oferta de onze cursos de formação continuada credenciados pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).
Atualmente, estão abertas, por exemplo, as inscrições para o curso “Políticas Públicas voltadas para Infância e Juventude na visão dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas)”.

A Revista Themis, periódico oficial da Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará, segue avançando, tendo sido publicada na última semana o seu volume 19. A nova edição da revista conta com dez artigos científicos, os quais abordam temáticas atuais e pertinentes como o feminicídio, a pandemia, a corrupção, dentre outros assuntos.

A ESMEC

A Esmec, órgão do TJCE, foi criada pela lei nº 11.203, de 17 de julho de 1986. O atual diretor da Esmec é o desembargador Francisco Luciano Lima Rodrigues, e o coordenador geral é o juiz de direito Alexandre Sá.