Conteúdo da Notícia

Representante do BID elogia empenho do TJCE para implantar Inteligência Artificial na Justiça

Publicado em: 05-04-2021

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) participou, nesta segunda-feira (05/04), da quarta e última reunião sobre a “Melhoria da atenção ao cidadão e simplificação digital”, que faz parte do Seminário Inteligência Artificial na Justiça, organizado pelo Banco Interamericano (BID) com apoio do Ministério da Justiça da Espanha. A iniciativa integra o Programa de Modernização do Judiciário cearense (Promojud).

Durante o encerramento do evento, por videoconferência, a presidente do TJCE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, expressou o sentimento de gratidão. “Em nome de todos os magistrados e servidores do Tribunal de Justiça do Ceará, agradeço pela oportunidade de absorver os conhecimentos compartilhados pelos excelentes expositores espanhóis com o apoio dos moderadores que fazem parte do Banco Interamericano de Desenvolvimento. As quatro oficinas realizadas nos dias 15, 22, 29 de março e hoje, 5 de abril, foram sem dúvida momentos edificantes para a nossa instituição e que agregarão muito ao Programa de Modernização do Poder Judiciário do Ceará [Promojud].”

No encontro foi debatido a adoção de um sistema baseado em um Customer Relationship Management (CRM), sigla em inglês para Sistemas de Relacionamento com Clientes, a realização de atos judiciais de forma eletrônica e execução de determinados atos, nos quais a presença do magistrado poderá ser substituída por meios que facilitem a telepresença. Foram apresentadas também iniciativas bem-sucedidas no uso da Inteligência Artificial na Justiça, tais como técnicas aplicadas a documentos, ferramentas de automação de arquivos, melhoria do atendimento ao cidadão e simplificação digital, entre outras.

Os painéis foram apresentados por Antonio Paredes, diretor do Laboratório de Inovação do Ministério da Justiça da Espanha, e David de la Antonia López, consultor de Arquiteturas Tecnológicas, Inteligência Artificial e Reengenharia de Processos de Negócios do Ministério da Justiça da Espanha; Oscar González e Raúl García, do Laboratório de Inovação da Espanha. O moderador foi Mariano Lafuente, especialista líder em Modernização do Estado na Divisão de Inovação para Serviços ao Cidadão do BID.

“Para mim, representante do BID no Brasil, é uma grande satisfação poder estar com vocês hoje neste encerramento. Esses encontros têm um significado especial no contexto do Promojud. O trabalho que vem sendo feito no Estado do Ceará se trata de um ‘carro chefe’, um ‘farol’ para guiar os demais tribunais. Gostaria de destacar o empenho que as autoridades têm colocado para que haja um avanço na implantação de tecnologia digital e, permita, que seja oferecido um serviço cada vez melhor à população. Sem dúvida a experiência do Tribunal de Justiça do Ceará será exemplo para os outros Tribunais do país. Agradeço muito pela parceria e confiança”, afirmou Morgan Doyle.

PROMOJUD
O Programa tem como objetivo principal a modernização do Judiciário e está baseado em dois componentes: “governança e gestão judiciária” e “transformação digital para o aprimoramento ao cidadão”. Este receberá 80% dos investimentos previstos. Os recursos serão aplicados em transformação digital e inteligência artificial para melhorar a prestação de serviço aos usuários da Justiça, com atendimento moderno e aperfeiçoado, processo judicial célere e infraestrutura tecnológica modernizada.