Conteúdo da Notícia

Mutirão com 600 processos do Seguro DPVAT segue até sexta-feira no Fórum

Publicado em: 01-09-2016

A 37ª Vara Cível de Fortaleza realiza até esta sexta-feira (02/09) um mutirão envolvendo ações do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). Foram agendadas 600 audiências e 600 perícias médicas, que estão ocorrendo desde a última segunda-feira (29/08), no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejus) do Fórum Clóvis Beviláqua.

O trabalho está sendo realizado em três salas (sendo uma para as perícias), seis mesas de conciliação e cinco peritos, nomeados pelo juiz Cristiano Rabelo Leitão, titular da Vara. As sessões ocorrem das 8h30 às 12h e das 14h30 às 17h15. Além do Cejusc, a iniciativa conta como apoio da Seguradora Líder, administradora do Seguro DPVAT.

A diretora de Secretaria da 37ª Vara Cível, Sara Sampaio, observa que cerca de 50% do acervo da unidade diz respeito a Seguro DPVAT. Por conta disso, somente este ano ocorreram mutirões também em fevereiro e maio e foi agendado um para novembro. “Todos os processos de DPVAT precisam passar por perícia médica, para que seja definido o grau da lesão e, consequentemente, a definição do valor da indenização”, justifica.

Um desses casos envolve uma atendente de lanchonete que caiu de uma moto há três anos. O acidente a deixou sem trabalhar por dois meses e causa dores no joelho até hoje. Insatisfeita com a indenização recebida (R$ 1.687,50), ela procurou a Justiça. Pelo acordo firmado nessa quarta, dia 31, ela receberá um complemento de R$ 2.430,00. “Fiquei satisfeita porque fui bem atendida e agilizou o processo”, disse.