Conteúdo da Notícia

Tribunal de Justiça do Ceará aumenta em 107% a quantidade de processos concluídos no mês de maio

O Judiciário cearense realizou, em maio deste ano, a baixa de 43.981 processos da Capital e do Interior, o que representa aumento de 107,02% em relação ao mesmo período no ano passado (21.245). Os dados foram apresentados durante reunião do Comitê Permanente de Apoio à Produtividade dos Magistrados, realizada na tarde dessa sexta-feira (11/06).

As estatísticas apresentadas também apontaram que entre os meses de janeiro e maio de 2021, o Judiciário estadual baixou um total de 183.208 ações, 22,76% a mais que nos referidos meses de 2020 (149.245). Segundo a presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, os resultados são animadores e refletem a força de trabalho apresentada pelos colaboradores da Justiça, juntamente com a equipe do Núcleo de Produtividade Remota (NPR), que auxilia nos trabalhos do 1º Grau, impulsionando a produtividade. “Eu só tenho a agradecer o empenho de todos vocês e dizer que a cada dia me sinto mais fortalecida por saber que estamos no caminho certo”, enfatizou.

Ainda durante a reunião, foram apresentadas estatísticas do NPR referente aos meses de janeiro a maio deste ano. No total, o Núcleo produziu 7.083 decisões, 19.216 despachos e 14.928 julgamentos. Na ocasião, também foram deliberadas as ações do Núcleo para os próximos meses. Composto por juízes, servidores e estagiários de pós-graduação em Direito que reforçam o trabalho de Varas, Juizados e Tribunal, o NPR atua com o reforço de 30 juízes leigos. Ainda neste mês de junho, esse número aumentará para 35.

Participaram do encontro os juízes auxiliares da Presidência, Joriza Magalhaes Pinheiro, Emilio de Medeiros Viana e Ricardo Alexandre; a diretora do Fórum Clóvis Beviláqua, juíza Ana Cristina Esmeraldo; o superintendente Administrativo, Sérgio Mendes de Oliveira Filho; o superintendente da área Judiciária, Nilsiton Aragão; o secretário de Planejamento e Gestão, Marcelo Maia; e os servidores Felipe de Albuquerque Mourão (gerente do Núcleo de Apoio à Gestão do 1º Grau), Miguel Mota dos Santos‎ (diretor do Núcleo de Qualidade da Informação) e Eumar Júnior (gerente do Núcleo de Produtividade Remota).