Conteúdo da Notícia

TJCE inicia projeto-piloto da Secretaria Judiciária de 1º Grau no Fórum Clóvis Beviláqua

Publicado em: 21-08-2019

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, destacou o processo de mudanças pelo qual passa o Judiciário cearense, durante a solenidade de abertura do projeto-piloto da Secretaria Judiciária (Sejud) de 1º Grau. “Serão mudanças para melhor, que vão levar o Poder Judiciário do Ceará para outro patamar em termos de produtividade”, declarou. O encontro com servidores que irão atuar na nova unidade ocorreu nesta quarta-feira (21/08), no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua.

Segundo o presidente, a Sejud “foi concebida tendo em vista um tempo de rápidas mudanças e de aumento das demandas, que exigem uma nova forma de trabalhar. Outras iniciativas virão, com o propósito de melhorar a prestação de serviços para a população cearense”. O magistrado encerrou o discurso conclamando todos os servidores e magistrados a integrar esse esforço e “sentir orgulho em fazer parte desse time e desse novo tempo”.

Na ocasião, o secretário da Sejud de 1º Grau, Wilton Bessa, fez uma apresentação do organograma e do funcionamento da unidade, que contará com seis Diretorias: Análise Cível, Urgência Cível, Análise Criminal, Urgência Criminal, Cumprimento e Pós-sentença. O novo modelo vai substituir as atuais oito Sejuds, que atendem as varas da Fazenda Pública, de Família, Cíveis, Criminais e de Execução Penal da Capital.

Dessa forma, a divisão ocorre não mais por especialidade, mas por processo de trabalho. “Por exemplo, as ações de urgência não entrarão mais por um canal comum, mas terão equipe, estrutura e fluxo próprios, dando a vazão necessária para cumprimento dos prazos”, explicou. Ainda segundo o secretário, a próxima etapa consistirá em incorporar outras varas ainda não contempladas com a estrutura da Sejud até o fim do próximo ano.

Participaram da solenidade os desembargadores Nailde Pinheiro Nogueira (vice-presidente do TJCE) e Teodoro Silva Santos (corregedor-geral da Justiça), os juízes Ana Cristina Esmeraldo (diretora do Fórum Clóvis Beviláqua), Edson Feitosa (vice-diretor do Fórum) e Luciano Lima Rodrigues (auxiliar da Presidência e supervisor da Sejud), além do superintendente da Área Judiciária, Nilsiton Aragão, e da secretária de Gestão de Pessoas, Vládia Teixeira.

CAPACITAÇÃO
Ainda na ocasião, os servidores assistiram à palestra proferida pelo consultor Francinildo Coura, que falou sobre “O momento de transformação em que vivemos e o impacto no trabalho”. Também foi apresentado o programa de desenvolvimento dos servidores da Sejud de 1º Grau.

O plano de capacitação é continuado e composto por etapas, incluindo projeto de mentoria entre servidores no novo local de trabalho, bem como aulas teóricas e práticas sobre processos e procedimentos adotados nas rotinas da Sejud.

Ao longo desta semana, o Judiciário está preparando as equipes que vão atuar no projeto-piloto da Secretaria Judiciária, no Fórum Clóvis Beviláqua. Participam do primeiro workshop cerca de 150 servidores, divididos em oito turmas. Os facilitadores são os gestores nomeados para as Diretorias da Sejud de 1º Grau.