Conteúdo da Notícia

Gestão do Fórum Clóvis Beviláqua apresenta resultados das ações de 2019 e prioridades para 2020

Publicado em: 28-01-2020

A Diretoria do Fórum Clóvis Beviláqua (FCB) vai ampliar as ações voltadas à humanização das atividades e modernização das estruturas em 2020. Os recursos para a implementação vêm do Programa FCB10, que será prioridade neste ano, destinando verba para vários programas no prédio. As novas iniciativas e os resultados obtidos no primeiro ano de Gestão foram apresentados ao presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, durante reunião nesta segunda-feira (27/01).

“Todas as ações são voltadas para o acolhimento ao público e a melhoria da prestação dos serviços aos jurisdicionados, além de contribuir com o alcance dos objetivos estratégicos da Justiça estadual”, destacou o chefe do Judiciário. Sobre os próximos projetos, o presidente do TJCE ressaltou o espaço de convivência dos servidores, que será criado nas áreas de jardim interno do Fórum.

Em 2019, diversas iniciativas voltadas à humanização dos serviços foram implementadas, entre elas, a instalação de praças climatizadas, sala de amamentação, serviço de achados e perdidos, guarda-volumes, instalação de ventiladores, estações de carregamento de celular, disponibilização de carrinhos de bebê, bebedouros e banheiros públicos, além de exposições de artes e paisagismo.

A Diretoria do Fórum também iniciou a implantação do novo projeto de comunicação visual, com objetivo de facilitar a orientação e o deslocamento no prédio. O espaço foi dividido em quatro setores identificados por cores, e todas as salas ganharam placas com a cor do setor e numeração indicativa do nível e da unidade.

Segundo a juíza Ana Cristina Esmeraldo, diretora do FCB, o trabalho desenvolvido até agora envolveu, além de intervenções físicas, o “aprimoramento da gestão administrativa das diversas áreas e setores que compõem o Fórum, com o objetivo de otimizar os serviços internos”. Entre os exemplos estão a redução de 13,9% do acervo em análise da Seção de Contadoria (responsável pelos cálculos judiciais), de 26,6% do volume de bens em depósito público e de 85,9% do volume de processos físicos remanescentes, pendentes de digitalização.

A diretora também ressaltou o desempenho do Núcleo de Psicologia e Serviço Social e a redução de 72% na quantidade de processos nas filas de cadastro de adoção. Outro destaque foi o aumento de 85,9% em audiências de conciliação agendadas e de 116,5% em audiências realizadas. Os números tendem a aumentar com a ampliação das salas do Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc) de Fortaleza, de 12 para 25.

PROGRAMA FCB10
O programa FCB10, do TJCE, garante recursos de R$ 10 milhões para o Fórum Clóvis Beviláqua. Esse aporte está dividido em dois eixos principais: Tecnologia e Infraestrutura, com aplicação até o fim de 2020.

Os investimentos contemplam ainda a instalação de quatro unidades dos Juizados Especiais Criminais nas dependências do Fórum; ampliação da Central de Atendimento Judicial; realocação e readequação das Unidades da Infância e Juventude; reforma dos salões do Júri; reforma e revitalização das guaritas de estacionamentos; quatro novos elevadores; projeto para instalação de espaço de convivência dos servidores e elaboração de projeto de climatização das áreas comuns do Fórum.