Conteúdo da Notícia

Comitiva do CNJ destaca importância do PJe durante encontro com juízes do TJCE

Publicado em: 17-10-2019

Os juízes auxiliares da Presidência do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Ricardo Alexandre da Silva Costa e Alexandre Santos Bezerra Sá, estiveram reunidos nesta quinta-feira (17/10), com o secretário-geral e o juiz auxiliar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), respectivamente, Carlos Vieira von Adamek e Bráulio Gusmão, para tratar sobre a implantação da versão 2.1 do Processo Judicial eletrônico (PJe).

“Realizamos essa visita para verificarmos o andamento da implantação da última versão do PJe e fazermos um alinhamento estratégico com relação à expansão do sistema, além de informarmos os projetos que o CNJ tem construído nessa área, citando como exemplo a inteligência artificial, para que o Tribunal continue caminhando conosco em busca da consolidação do sistema”, afirmou Bráulio Gusmão.

O Judiciário cearense adotou a nova versão desde o último dia 14. O magistrado disse que, “por ser um sistema mais leve e intuitivo para o usuário interno e externo, facilitará os trabalhos, além de apresentar novas melhorias e funcionalidades que permitirá uma agilidade maior nas atividades diárias’’.

Outro assunto abordado foi a realização de sessões virtuais no Fórum das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais. O juiz Ricardo Alexandre da Silva Costa apresentou aos integrantes do CNJ os estudos que o TJCE vem fazendo nesse sentido. De acordo com ele, as sessões virtuais são relevantes porque possibilitam julgamentos mais céleres dos recursos que tramitam no PJe no âmbito das Turmas Recursais”.

Também participaram da reunião o superintendente da Área Judiciária, Nilsiton Aragão, a secretária de Tecnologia da Informação, Denise Olsen, e o coordenador de Gestão de Sistemas Corporativos do CNJ, Thiago Andrade Vieira.