Conteúdo da Notícia

Após audiência no TJCE professores de Morada Nova suspendem greve

Publicado em: 24-04-2018

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindesp) do Município de Morada Nova decidiu suspender a greve dos professores, após audiência nesta terça-feira (24/04), no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), que foi conduzida pelo desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite. Os profissionais retornam à sala de aula nesta quinta-feira (26).

Durante a sessão, não houve acordo entre Sindicato e Município, mas a categoria decidiu voltar às atividades. Os docentes querem reajuste do piso de 6,81%, bem como 4% de progressão.

O ente público alegou não ter condições financeiras de arcar com o pedido. O Sindesp apresentou proposta de escalonamento do reajuste, recusada pelo Município, que não apresentou contraproposta.

O CASO

Os servidores entraram em greve no dia 28 de fevereiro deste ano. O ente público ajuizou ação (nº 0622229-33.2018.8.06.0000) com pedido liminar, requerendo a decretação da ilegalidade do movimento, sob o fundamento de que a paralisação seria inconstitucional e abusiva. O Sindicato apresentou contestação com pedido de tutela de urgência para o que o Município implementasse, em 72 horas, o reajuste e pagasse indenização por danos morais aos servidores.

Como não houve conciliação, o município terá 30 dias para se manifestar. Em seguida, o processo terá o mérito apreciado pelo desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite.