Conteúdo da Notícia

TJCE conclui mais uma etapa para implantação do Programa de Modernização do Judiciário

Publicado em: 07-08-2020

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) concluiu, nesta sexta-feira (07/08), a “Missão de Identificação” realizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), mais uma etapa importante para viabilizar o Programa de Modernização (Pormojud) do Judiciário cearense. A visita técnica, que ocorreu de forma totalmente virtual, debateu detalhes do projeto que objetiva utilizar a tecnologia para trazer mais celeridade e qualidade aos serviços.

“Foram quatro dias muito profícuos em que pudemos discutir diversos aspectos do Promojud com equipes do Tribunal, do Governo do Estado e do BID, e conseguimos evoluir bastante. Receberemos uma nova Missão no próximo mês e nossa expectativa é já iniciar 2021 com a assinatura do projeto, para que possamos iniciar a execução”, destacou o presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo, durante o encerramento da Missão.

O chefe do Judiciário cearense acrescentou que a conclusão da implantação do Processo Eletrônico, ainda em 2019, e a digitalização dos processos físicos antigos, já em fase de finalização, são medidas importantes para acelerar a viabilização do Promojud. “Os técnicos do BID se surpreenderam com as condições encontradas aqui. Com o Programa de Modernização, vamos tornar a Justiça cearense ainda mais moderna, célere e eficiente, beneficiando todos os colaboradores e, sobretudo, o cidadão que precisa dos nossos serviços”.

O encerramento da “Missão de Identificação” ocorreu na tarde desta sexta-feira e também contou com a participação da vice-presidente do TJCE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira. Os encontros durante a semana contaram com a participação de servidores e magistrados da Justiça cearense que integram a equipe de coordenação do Promojud, além de representantes do BID e do Poder Executivo estadual.

SAIBA MAIS

O Promojud tem como finalidade principal a modernização do Judiciário e está baseado em dois componentes: “governança e gestão judiciária”, e “transformação digital para o aprimoramento ao cidadão”. Este último terá 80% dos investimentos previstos. Serão investidos US$ 35 milhões em transformação digital e inteligência artificial para melhorar a prestação de serviço aos usuários da Justiça, com atendimento moderno e aperfeiçoado, processo judicial célere e infraestrutura tecnológica modernizada.

A inovação tem sido o principal foco do TJCE nos últimos anos, que vem investido em serviços mais modernos, com a realização de teleaudiências e trabalhando com processos eletrônicos e automatizados.