Conteúdo da Notícia

Judiciário cearense inicia projeto Direito Vivo para comemorar três anos de criação da Sejud de 1º Grau

Ouvir: Judiciário cearense inicia projeto Direito Vivo para comemorar três anos de criação da Sejud de 1º Grau

A presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, participou nessa segunda-feira (30/05), da abertura do projeto “Direito Vivo: um convite ao debate”. A iniciativa celebra os três anos de criação da Secretaria Judiciária (Sejud) de 1º Grau.

“É com muita alegria que estou aqui entre magistrados, servidores e colaboradores para comemorarmos os três anos de existência da Sejud de 1º Grau. Essa Secretaria, uma feliz iniciativa do desembargador Washington Araújo, e que veio para otimizar os serviços que prestamos à população. Junto com as Secretarias do Crajubar e do 2º Grau são experiências exitosas, a ponto de recebermos elogios de advogados do Ceará e de outros estados”, declarou a desembargadora.

Sobre o projeto Direito Vivo, a supervisora da Sejud de 1º Grau, juíza Solange Menezes Holanda, explicou que o “objetivo é despertar nossa atenção, provocar reflexões e debates sobre temas muito interessantes, que serão apresentados por magistradas e magistrados”. O evento consiste na realização de uma série de palestras destinadas aos servidores das Secretarias de 1º e 2º Graus e da Sejud Regional de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha (Crajubar). Serão promovidas oito palestras até o próximo dia 10 de junho.

A primeira apresentação do projeto foi sobre “O Princípio da eficiência na Administração Pública”, ministrada pela diretora do Fórum Clóvis Beviláqua, juíza Ana Cristina Esmeraldo. “Quão bom é ver os trabalhos evoluindo e a gente poder dar nossa parcela de contribuição para tudo funcionar como se espera, e como o cidadão precisa ser atendido”, disse a juíza.

Planejamento estrategico