Conteúdo da Notícia

7º Juizado Especial Criminal passa a funcionar no Fórum Clóvis Beviláqua

Publicado em: 09-01-2020

Usuários da Justiça que precisem comparecer ao 7º Juizado Especial Criminal de Fortaleza devem ficar atentos à mudança de endereço da unidade, ocorrida na última terça-feira (07/01), logo após o fim do recesso forense. O Juizado foi transferido do bairro Montese para o Fórum Clóvis Beviláqua (FCB), com uma pauta de 737 audiências preliminares agendadas, que serão realizadas já no novo espaço, localizado no setor vermelho do Fórum, nível 2, sala 202.

A concentração dos juizados criminais no Fórum é uma continuidade das alterações organizacionais aprovadas em 2018, segundo explica o juiz Marcelo Roseno, coordenador dos Juizados Especiais Cíveis, Criminais e da Fazenda Pública e do Juizado da Mulher de Fortaleza.

“Quando as 7ª, 8ª, 14ª e 20ª Unidades passaram a ter competência exclusivamente criminal, as distribuições dos termos passaram a ser de forma equitativa e não mais por área geográfica. Assim, entendemos que as quatro unidades devem existir num único local, pois a jurisdição de cada uma delas passou a ser toda a cidade de Fortaleza”, disse o magistrado.
As mudanças começaram no ano passado, quando o 8º Juizado Criminal foi transferido para o FCB, funcionando no setor vermelho, nível 2, na sala 205. A diretoria do Fórum prevê receber, até o próximo mês de março, as 14ª e 20ª Unidades do Juizado Especial Criminal, localizadas atualmente nos bairros Bonsucesso e Centro, respectivamente.

BENEFÍCIOS DA MUDANÇA
O juiz Marcelo Roseno destacou ainda o empenho da atual Gestão para colocar em prática a nova organização das unidades. “Foi necessário aguardar uma adequação dos espaços. Mas logo que houve oportunidade, o desembargador Gladyson Pontes, que preside a Coordenação dos Juizados Especiais, e a juíza Ana Cristina Esmeraldo, diretora do Fórum, deram andamento às mudanças. Com todas as unidades criminais reunidas, teremos facilidades com as estruturas existentes no Fórum, como as salas de videoconferência, além de mais segurança para servidores e jurisdicionados”, finalizou.

SERVIÇO:
Fórum Clóvis Beviláqua
R. Des. Floriano Benevides Magalhães, 220 – Edson Queiroz
Setor vermelho, nível 2, sala 202.