Conteúdo da Notícia

Tribunal de Justiça doa computadores para crianças da Fundação Franklin Roosevelt

Publicado em: 29-01-2020

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) realizou, nesta quarta-feira (29/01), a doação de 20 computadores completos para a Fundação Franklin Roosevelt (FFR), localizada no bairro Serrinha, em Fortaleza. Os equipamentos beneficiarão 140 crianças, com idade entre quatro e doze anos, que estudam na instituição.

Integrantes da Comissão de Avaliação e Alienação de Bens (CAAB), da Secretaria de Administração e Infraestrutura, e o chefe da Assessoria de Cerimonial do TJCE, Silvio Paiva, acompanharam a entrega e conheceram as instalações da Fundação, que em agosto completará 30 anos. Eles foram recebidos pelo presidente da FFR, Marco Foltran, e pela coordenadora pedagógica Ângela Nobre.

“Para mim foi encantador. Primeiro porque eu não conhecia a instituição e é bacana saber que tem tantas crianças sendo bem tratadas aqui, com alimentação, ensino, segurança. Segundo, da entrega dos computadores, é uma ação de responsabilidade social muito importante do Poder Judiciário. Estamos entregando computadores que não têm serventia atualmente para o Tribunal, mas que podem ser usados para outras coisas”, afirmou o servidor Rogeres Costa, que faz parte da Comissão.

“A partir da primeira série as crianças já têm o ensino da informática. Com a velocidade que as coisas acontecem, os equipamentos vão se deteriorando e de tempos em tempos é necessário trocar. Então essa doação veio em hora muito boa porque dos 11 computadores que nós tínhamos, sete já não estavam funcionando”, explicou Marco Foltran.

A coordenadora pedagógica ressaltou que agora as aulas poderão voltar a ocorrer semanalmente. “Quero agradecer e parabenizar por essa feliz iniciativa do Tribunal. Nesse mundo informatizado, nossas crianças não poderiam ficar de fora. A partir da próxima quarta-feira já teremos aulas regulares de informática”, comemorou.

Para a coordenadora da Comissão, Naiana Lemos, as doações representam o cuidado do Tribunal de Justiça, como Poder Público, com a responsabilidade social do meio onde está inserido. “Verificamos o que de fato não tem serventia à Justiça, gerenciamos esses bens e fazemos as doações. E é muito bacana ver que de fato os computadores terão muita serventia pra essa instituição que faz um trabalho tão bonito com crianças carentes da comunidade. Estou muito feliz de poder participar dessa ação”.

O estudante Alessandro Pereira, de oito anos, gostou da novidade e está ansioso para a próxima aula de informática. “Além dos livros, vou poder estudar no computador, pesquisar, e aprender mais ainda.”

A alegria é compartilhada pelos colegas. “Muito legal porque várias pessoas vão poder usar e a gente vai evoluir ainda mais”, disse Gabrielly Alencar, de 10 anos. Débora Ayala, de oito anos, também está entusiasmada. “Às vezes a gente tem aula livre, em outras a gente pesquisa o que está aprendendo na sala, até matemática. Então agora vai ficar bem melhor.”

“Pode parecer simbólico, mas esses equipamentos, sendo trabalhados corretamente, vão dar a oportunidade de alavancar conhecimento, de transformar vidas”, destacou Silvio Paiva.

A FUNDAÇÃO FRANKLIN ROOSEVELT
Criada em 1990 por iniciativa da Loja Maçônica Franklin Roosevelt 19 e auxiliada pela Grande Loja Maçônica do Ceará, atualmente a Fundação mantém escola para crianças carentes que moram no bairro Serrinha, em Fortaleza. Além do ensino regular, são oferecidas aulas de inglês e alemão. A instituição é mantida exclusivamente por doações e promoção de eventos filantrópicos.

CAAB
Instituída em 2016, por meio da Portaria nº 1.057/2016, da Presidência do TJCE, a Comissão de Avaliação e Alienação de Bens objetiva proporcionar maior efetividade na gestão dos bens patrimoniais. Ela é responsável por fazer a avaliação e certificação de bens que estariam enquadrados como inservíveis para os trabalhos realizados no Tribunal, e por meio de memorando é formalizada a doação.