Conteúdo da Notícia

TJCE e Caixa Econômica estudam automação dos alvarás e depósitos judiciais

Publicado em: 10-06-2019

Durante reunião no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o superintendente regional da Caixa Econômica Federal (CEF) em Fortaleza, George Gress, afirmou que a instituição financeira trabalhará junto ao Poder Judiciário estadual para automatizar os alvarás e o levantamento de depósitos judiciais. O anúncio foi feito, nesta segunda-feira (10/06), em encontro com o presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo.

De acordo com o desembargador, a iniciativa trará vários benefícios. Um deles, objeto de pleito da advocacia, permitirá “o alvará de levantamento de depósitos de forma automática, eletrônica, sem uso de papel, com a ordem indo diretamente para a Caixa. Isso facilita, agiliza e torna mais rápido o procedimento de liberação dos recursos.”

O superintende da CEF explicou que a ação reafirma a parceria entre as duas instituições no sentido de renovar o convênio de centralização dos depósitos judiciais. “Estamos trazendo também melhorias de automação em processos que a gente entende que será um ganho significativo para as partes, como a automação das margens de consignação, na qual teremos isso consolidado em sistema, e a automatização do levantamento de alvarás, que faz parte da rotina do Tribunal de Justiça e envolve tanto os clientes como os advogados. Com a automação, teremos ganhos efetivos em termos de tempo e, logicamente, de eficiência do processo.”

Na reunião, também estiveram presentes o gerente-geral da Caixa no Ceará, Fúlvio Barbosa; o gerente regional do banco para Governo e Judiciário, Josivan Rocha Josino; e o secretário de Finanças do TJCE, Marcus Coelho.