Conteúdo da Notícia

Assistência Militar do TJCE realiza formatura online de 143 brigadistas do Fórum Clóvis Beviláqua nesta sexta-feira

Publicado em: 29-09-2020

A Assistência Militar do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), através da 8ª Companhia de Bombeiros, capacitou 143 colaboradores do Fórum Clóvis Beviláqua (FCB) com o Curso de Brigada de Incêndio, em seis turmas divididas entre novembro de 2019 e março de 2020. Com o avanço das fases do plano de retomada das atividades presenciais da Justiça cearense durante a pandemia, faz-se necessário formar os brigadistas para atuarem em eventuais situações de sinistro. Dessa maneira, a solenidade de formatura das turmas acontecerá nesta sexta-feira (02/10), às 10h, com transmissão ao vivo pelo canal do TJCE no Youtube.

Os 143 brigadistas obtiveram conhecimentos teóricos e práticos nas áreas de prevenção/combate a incêndios e primeiros socorros. A grade curricular, desenvolvida pela 8ª Companhia de Bombeiros em parceria com a Seção de Capacitação (Secap) do FCB, também contemplou uma vistoria geral em toda a edificação para conhecimento da estrutura que forma o maior prédio do Judiciário estadual. As seis turmas tiveram carga horária de 20h/a cada, distribuídas em 8h/a teóricas de prevenção/combate a incêndio; 8h/a teóricas de primeiros socorros e 4h/a de simulado prático em campo de treinamento.

“A Assistência Militar tem a certeza de que todos esses 143 colaboradores passarão a atuar como agentes de prevenção e proporcionarão um ambiente mais tranquilo no que concerne à segurança contra incêndio nas dependências do Fórum Clóvis Beviláqua”, destaca o Major BM Erle Rocha, comandante da 8ª Companhia de Bombeiros. Representantes da diretoria do Fórum Clóvis Beviláqua, do Comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e da Assistência Militar do TJCE participarão da solenidade de formatura.

INCLUSÃO
Um diferencial deste Curso de Brigada de Incêndio foi a participação de 27 deficientes auditivos que atuam no Fórum e concluíram a capacitação com o auxílio de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais – Libras. Estes colaboradores fazem o trabalho higienização, digitalização e serviços de arquivo através do convênio entre o TJCE e a Associação de Pais e Amigos do Deficiente Auditivo (Apada), proporcionando oportunidades profissionais para dezenas de surdos e intérpretes.

A Brigada de Incêndio é um grupo de funcionários voluntários de empresa/entidade pública ou privada que recebe treinamento apropriado para atuar na prevenção de incêndios e no combate ao princípio de incêndio. Em caso de não haver possibilidade de impedir o incêndio, o grupo é treinado para atuar no atendimento de emergência pré-hospitalar em situações de sinistros e nas ações de salvamento. A Brigada de Incêndio no Judiciário cearense foi instituída em 2010 através da Portaria Nº 474/2010, publicada pela Presidência do TJCE.

Após a formação, os brigadistas serão divididos em equipes de Combate, Controle de Pânico e Salvamento. Os conhecimentos adquiridos na formação não servem apenas para serem aplicados no local de trabalho. As técnicas aprendidas são perfeitamente usáveis dentro de casa, ou num momento de lazer com a família.

LEGISLAÇÃO
O Curso de Brigada de Incêndio aconteceu em conformidade com a Norma Técnica-NT 001/08 e em sintonia com a Lei Estadual no 13.556/04 e Lei 16.361 de 09 de outubro 2017 que altera a Lei 13.556, ainda em consonância com a Portaria 006/04, do CBMCE, que determina que as edificações públicas e privadas com mais de 750m2 ou mais de três pavimentos possuam uma Brigada de Incêndio.