Conteúdo da Notícia

O planejamento estratégico do TJCE no enfrentamento à pandemia é tema de trabalho finalista em congresso internacional

Publicado em: 15-10-2020

A importância das estratégias adotadas pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para o enfrentamento à pandemia da Covid-19 é tema de trabalho finalista no Congresso Internacional de Administração (ADM) 2020. A temática foi selecionada na área Estratégia em Organizações e aborda as ações que o TJCE tem realizado para a modernização do Judiciário cearense e como essas iniciativas vêm atenuando os efeitos neste momento de distanciamento social.

A autora do trabalho é a servidora Rita Célia de Araújo, assessora da Superintendência Administrativa do Tribunal, que decidiu abordar o assunto em artigo cientifico do mestrado em Administração. Com o título “Avaliação da mudança estratégica como prática de gestão no Poder Judiciário do Estado do Ceará ex ante e ex post à pandemia da Covid 19”, ela fez um estudo sobre as estratégias que o TJCE vinha adotando em relação à modernização e as ações realizadas pelos últimos gestores, em especial pelo atual presidente, desembargador Washington Araújo.

Para a avaliação do objeto de estudo, a pesquisa elaborou primeiramente um framework integrando três eixos teóricos de Estratégia Empresarial: (1) Mudança Estratégica (Contexto, Conteúdo e Processo); (2) Ambidestria (balanceamento de estratégias inovadoras), (3) Estratégia como Prática (Praxis, Práticas e Praticantes).

“Nesse estudo, constatou-se que as estratégias com enfoque na tecnologia atenuaram os efeitos negativos decorrentes da pandemia e, percebeu-se ainda, velocidade na incorporação de tecnologias que estavam em curso às atividades jurisdicionais, apresentado melhor desempenho ao TJCE, conduzindo a uma Justiça mais transparente, célere, eficiente, preconizando um novo modelo de gestão ex post à pandemia da Covid-19”, destaca a pesquisadora.

A servidora também ressalta no estudo que o Tribunal de Justiça tem caminhado para a modernização, avançando por meio de automações e novas tecnologias, otimizando procedimentos, reduzindo a necessidade de intervenções humanas em rotinas de menor complexidade e ampliando os serviços digitais, com foco na qualidade da prestação jurisdicional para o cidadão. “Frente ao fenômeno da Pandemia da Covid-19, o TJCE implementou mudanças estratégicas de forma a não afetar os índices de produtividade e celeridade jurisdicional, assegurando a sustentabilidade financeira e garantindo o acesso à Justiça no período emergencial”.

Além de finalista do Congresso Internacional de Administração 2020, o trabalho também será apresentado durante encontro de pós-graduação e pesquisa na Universidade de Fortaleza (Unifor) e será encaminhado para publicação na Revista de Administração Pública (RAP) (Qualis A1), da Fundação Getúlio Vargas. O trabalho teve a orientação e coautoria do professor titular e doutor em Administração de Empresas da Unifor, Sérgio Henrique Arruda Cavalcante Forte.