Conteúdo da Notícia

Segunda edição do Mês do Júri julga 336 processos no Ceará

Publicado em: 06-12-2017

Em sua segunda edição, que aconteceu em novembro, o Mês Nacional do Júri concluiu o julgamento de 336 processos no Ceará. Durante o esforço concentrado, 373 réus foram sentenciados, totalizando 140 condenações, 212 absolvições e 21 desclassificações.

Somente na Capital, abrangendo as cinco Varas do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, foram realizadas 69 sessões de júri, que resultou em 84 réus condenados, número 25% maior que o I Mês Nacional do Júri, ocorrido em 2016, no qual foram realizados 56 julgamentos, com 67 réus.

Já nas comarcas do Interior, 267 ações foram realizadas. A Comarca de Maracanaú foi a que mais realizou sessões, com 14 júris. Caucaia e Quixadá realizaram 13 cada uma e a Comarca de Sobral, 12. Em Fortaleza, se destacaram a 1ª e 4ª Varas do Júri, com 17 sessões cada.

Segundo a desembargadora Adelineide Viana, supervisora das metas da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), foram priorizados processos de réus presos e aqueles que tiveram denúncia recebida até dezembro de 2012, que é uma das metas da Enasp.

“Foi um balanço positivo porque foi um número maior do que a edição anterior. Além das sessões, nós tivemos a realização de audiências, o que acelera o andamento desses processos para que cheguem ao julgamento o mais rápido possível”, destaca a magistrada.