Conteúdo da Notícia

Mantida prisão de ré flagrada com cocaína, crack e maconha

Publicado em: 04-12-2017

O juiz José Ronald Cavalcante Soares Júnior, respondendo pela 1ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza, indeferiu o pedido de relaxamento de prisão preventiva da ré Michaele de Sousa Justino. Ela havia sido presa em flagrante com 36,01 gramas de cocaína, 27,02 gramas de crack e 236,01 gramas de maconha.

“Não vejo qualquer irregularidade concreta do desenvolvimento da persecução penal, ou desídia deste Juízo, a ensejar a caracterização de indevido excesso de prazo para o encerramento da instrução processual”, justificou o magistrado. O juiz ainda ressaltou “a complexidade do processo, contando com relevante quantidade e variedade de entorpecentes apreendida” e não haver dúvida que o crime põe em risco a ordem pública.

Segundo os autos (nº0039623-36.2017.8.06.0001), em 12 de dezembro de 2016, policiais receberam informação de que a acusada e um comparsa mantinham em depósito, para comercialização, drogas e outros objetos ligados ao tráfico. Os agentes seguiram até o local indicado, no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza, onde estava a ré. Além das drogas, encontraram a quantia de R$ 2.340,00, uma balança de precisão, celulares, outros aparelhos eletrônicos e vários objetos ligado ao tráfico.

A decisão foi publicada no Diário da Justiça do último dia 28.